domingo, 30 de novembro de 2008

Ja tentei tantas vezes

Alguém que sabe quem é vai ler isso, e entender


Porque fui reduzido ao que sinto

Evitando sentir

Evitando tudo

Vivendo o momento

Deixando a vida tomar seu rumo

Não consigo mais navegar

Apenas deixo o rio me levar

Observo as margens

Como se fosse um filme da minha vida

Em preto e branco

As vezes consigo observar as pessoas e as coisas com nitidez

As vezes não, a neblina cobre como um manto minhas lembranças

Lembranças que se foram, perdidas no tempo e no espaço

E que esforço a trazer para a vida novamente

Evitando a sensação de partes da vida que se esvaiu

A cada detalhe dessas margens , eu relembro

Caminhando para a escola, uniforme azul, todo sem jeito

A protecção dos irmãos, sempre presente

A primeira briga por um apelido, e que não venci

A raiva , de não vencer, e achar outros caminhos para me sobrepor

Meu mundo se fechando, e eu deixando, achando que é a melhor forma de sobreviver

A luta pelas melhores notas , a pressão pela perfeição

O mundo da leitura, me levou para longe do meu dia a dia

A coleção de selos, horas a fio conhecendo o mundo

Já aí, vários amores nunca vividos, só imaginados

O contato com os sexo, terrível com uma protistuta qualquer

Tinha que ser, tinha que me tornar homem, me igualar aos iguais

Noitadas bebendo, olhando, bebendo , novamente me igualando aos iguais

Trabalho duro, sempre imaginando como subir, nunca estava satisfeito

Ginásio contato com a matemática, algo que me seduziu

Nunca consegui ser titular do time de basquete

Tirei muitos dez em varias disciplinas

Nunca participei de uma olimpiada

Fui escoteiro

Não fui na formatura do ginásio

Nenhuma namorada

Sempre disponível

Passado que não se torna vívido

Mas tão presente

Presente no meu futuro









lembranças

Amores passados, perdidos no tempo da juventude, agora passado tanto tempo, raleio meus diários, e me vejo com 13 anos, perdidamente apaixonado por uma loirinha, era esse o nome que eu dava para ela, dois Verões seguidos ela veio passar as férias escolares na minha cidade, me lembro como se fosse hoje, eu aguardando o mês de Dezembro chegar, passava na frente da casa da tia , no mínimo treis vezes por dia, até avistar, ela de longe, pronto meu coração disparava, me sentia inquieto, não conseguia tirar os olhos daquela esquina, via os cabelos balançarem ao vento, pronto já imaginava uma historia de amor, li rios nos campos, meu imaginário já naquela época era incomum, não arredaria um passo daquele lugar, nada me tiraria dali, e isso seria por semanas a fio, as vezes uma aproximação furtiva, mas nada de real, me lembro de inúmeras cartas escritas e nunca entregues, as declarações apaixonadas de amor eterno, segui-la por toda a cidade, tentar ser amigo dos amigos dela, não importava como e nem a que custo, me lembro bem de quanto me custou saber o endereço dela na sua cidade, consegui com o primo, me custou caro , algumas bolinhas de gude, e umas figurinhas da selecção brasileira , comprei um disco só porque ouvi ela escutar, e me lembrava dela, quantas pequenas coisas, que para mim hoje relendo meu diário parecem bobas, tolas, e ao reler aquelas linhas, volta com a mesma intensidade apesar dos anos que se passaram, sinto ainda a sensação, e de como era importante tudo aquilo para mim, viver aquela fantasia, parece que as coisas se repetem , talvez só eu mesmo saiba porque.

Visão fugaz do desejo

Ousei hoje a usar essas palavras, mas no sentido de algo intenso , já discuti muito o belo, o ser belo, o que realmente ser belo, e a cada dia percebo que o belo está nos olhos de quem olha, e se me permitem está na mesma proporção no objecto , o quanto ele é desejado. Quanto mais desejamos mais se torna belo aos nossos olhos, então se queres ser belo, tem que ser desejado. Tem formas que foram feitas para serem admiradas, desejadas e são ligadas ao prazer , todo objecto desejado nos dá prazer, principalmente no ato da conquista, quando me refiro a objecto pode ser material, imaterial, não importa, lutamos para consegui-los, e quando conseguimos, aí vem a pergunta, acaba o desejo? Eu diria que não, se soubermos usar nossos sentidos, admira-lo, toca-lo e ama-lo , cabe a nós que desejamos mantê-los vivos, se não agir-mos dessa forma, estamos nos condenando para procura infinita do belo, que só resultará em frustrações.

O que não deveria escrever

Quantas vezes pensamos , agimos, e achamos que estamos certos, não temos dúvidas de nada, somos absolutos em nossa razão, vivemos como queremos, não paramos para nada, e no decorrer da vida, encontramos pessoas e pessoas, como cegos tacteamos o terreno e só abrimos os olhos quando algo realmente importante acontece, algo que te deixa perplexo com a vida revelando como ela é ténue . Mesmo tendo consciência dessas verdades, não consigo parar, por nada, algo me faz seguir seguir, numa linha interminável , não enxergo opções, vivo o dia, apenas um dia , menosprezo minha inteligência, minha capacidade de discernir, convenço a mim mesmo a cada dia, que sou feliz, que estou certo, que sou sabedor dos meus quereres, senhor de si.
Reflicto sobre tudo e sobre todos, mas não me permito me ver como eu sou realmente, abri mão de mim mesmo a muito tempo, por mais que ache que me encontrei, mas não, sou tão insignificante perante tudo, lapsos te tempo é o que eu vivo hoje, não sei se esses momentos serão tão significativos e me façam feliz, não sei, apenas o que eu quero e continuar .....

Visão da desolação - Começar tudo de novo


Eram quase seis da manhã, não sei porquê , mas acordei muito cedo, algo me levou a ir até Itajai, no bairro Promorar, conforme aproximo do bairro, noto muitas coisas espalhadas pelas ruas e calçadas, mas nada me preparou para o que eu ia presenciar, o dia amanhecendo, ninguém nas ruas, ninguém... apenas montanhas de entulhos, das coisas que se estragaram das casas , dos comércios, parecia uma cidade fantasma, cheiro de algo podre, úmido, uma garoa caindo, lama em todos os lados, fico a observar algumas casas, sonhos que se desmancharam com a água, lágrimas aqui e ali, vejo um senhor desolado sentado em frente da sua casa, ao lado dos poucos móveis que tinha, fico imaginando seus pensamentos, e uma única frase me ocorre, "começar tudo de novo".
Parecem fantasmas andando na meia luz da manhã chuvosa, nada que o governo faça, vai trazer o que eles precisam, de um carinho, um afago, mas eles precisam mais do que isso, eles tinham a televisão, o som, o dvd, a moto, nada disso resistiu, seus sonhos de consumo se foram, agora nem cama para dormir têm, eles não se alimentam só de comida, mas de sonhos também, e o que fazer agora, que apesar de molhados os carnes das dívidas permanecem intactos , sobreviveram à enchente e vão povoar os sonhos desses brasileiros que apostaram em uma vida melhor.

Não me ame , me deseje

il ne m'aime pas, il désire à moi
it does not love me,it desires to me
れは私に私をのそれ望む愛さない

Nestes dias, algo mudou,
Não quero mais ser amado, quero ser desejado !
Não importa o porque,
Eu quero !!!
Talvez não entendam
É bom se sentir desejado
Andar pela rua, olhar lhe envolve
Abraço lhe faz o corpo tremer
Toque arrepios

Desejar
Ser desejado
Desejado ser
Desejando

Sexo é desejo
Desejo é sexo
Desejo é toque
Desejo é pele
Desejo é úmido
Desejo é cheiro

Sexo é desejo
Desejo é causa
Desejo é suave
Desejo é olhar
Desejo é imaginar
Desejo é sublimar
Desejo é paixão

Sexo é desejo
Desejo é detalhes
Desejo é musica
Desejo é alma
Desejo é viver

Viver viver viver, intensamente, como sempre desejei e nunca consegui, viver como se fosse meu último dia de vida

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

A minha amiga

Ela diz assim .... Fer eu sou eu, só isso, pronto nada mais
Podemos passar uma vida e não ter o prazer de cruzar com uma pessoa linda de alma, livre de invejas, não é fácil defini-la, vive num mundo todo pequeno, familiar, e ao mesmo tempo consegue se projectar além, muito além, viver situações loucas, divertidas, surreais as vezes excitantes, totalmente amiga, é só coração, ajeitando as coisas, tentando ajudar, se preocupando realmente e não virtualmente, sendo o que ela é um ser humano, sempre rindo de tudo , ao tentar defini-la eu diria que é a pessoa mais simples que eu conheço, e da sua simplicidade vem a essência da sua personalidade, que a torna tão complexa , diria que a palavra que a definiria melhora ainda é primaveril.

A doçura do adeus

Não caiu a ficha.
Talvez não tenha percebido
Tantas historias
Coração apertado
Choros incontidos
Amanhecer sem sentido
Imagens que não se findam
Sons vibram na lembrança
Cheiros que inebriam
Abraços perdidos
Mãos que se tocam
O toque
Sensação de vazio
Expectativas inacabadas
Vida incompleta
Meio sem fim
Perda
Recomeço com um talvez

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Divagações sobre viver só

Dá para perceber que nesse momento, o fato mais marcante na minha vida é a questão de relacionamento, afinal, estamos num país que existe 7 mulheres para cada homem, e se , você tiver estabilidade financeira, esse número aumenta em muito. Me achando não nao. Apenas vendo que existe infinitas possibilidades , não estou falando em se apaixonar, amar, apenas viver, levar a vida. Sinceramente não sei com agir, se conseguirei levar a vida, se vou me apaixonar, o que vai acontecer, ou até mesmo dar um passo para trás tentar novamente, não sei mesmo. Estou achando interessante, poder chegar em casa, ligar o som, deitar no sofá , não preciso me preocupar com a roupa que não coloquei no lugar, horários, na real coisas muito simples, mas que fazem uma diferença, quando se casa nossa individualidade se vai, e não percebemos, não só a do homem a da mulher também, e quando o filho cresce, vai embora, e fica um vazio, ou você reaprende a viver a dois, ou vai ter dificuldade, e não venham me dizer que se ama tudo da certo, não sei, comigo não é assim, ou sou realista demais ou de menos, neste exacto momento não quero nada.
Quero deixar o tempo passar, não fazer nada que me arrependa, apenas seguir com calma, tranquilidade, ver o que acontece, ser uma vez na vida, um expectador !!!!

Perguntei o que faria um homem de 50 anos ser ridiculo

Escutar um musica alta no carro? Sair com uma garota de 21 anos? Correr de moto? Admirar uma mulher bonita? ou outras coisas, mas sem, a questão do velho babão ...

Foi no yahoo respostas, gostei de várias respostas :

---Querido Fernando.Complicado avaliar as pessoas do jeito que elas se comportam diante do mundo e delas mesmas.Como sondar na intimidade deste ser que assume uma identidade conforme padrões considerados certos pela sociedade!Como relacionar o certo do errado sem comprometermos diante da vida?
Perdão meu amigo,o ridículo não existe para quem tem alma primaveril ! As estações caminham conforme o ritmo natural da natureza,bela e formosa embelezando a vida.

---cOrrer de mOtO,arranjar briga com um cara de 21,sair com menininhas novas,olvir um pagodinhO altO nO carrO,usar ropas de garotinhOs, beja dee linguaa

---1- Aquele tipo que vive na frente do espelho se admirando.
2- Aquele que com 50 anos nas costas, se sente o garanhão e só dá em cima de garotas, como você disse de 21, que ele não se toca que poderia ser o pai dela.
3- Falta de respeito com mulheres muito mais jovens que ele.

Quanto ao fato de saírem com garotas de 21 anos, eu disse saírem, é uma opção da garota nesse caso não podemos dizer nada.
Quanto a correr de moto, nada contra, afinal para quem conhece os Hells Angels deve saber que a grande maioria deles, eram homens dessa idade, que barbarizavam em cima das Harley´s.

Mas realmente o que é mais ridículo, é aquele que com 50 anos não respeita as mulheres que tem em casa, muitas delas mães de seus filhos, para se juntarem a jovens, como se eles o fossem.

---Cara... Estamos juntos na faixa etária.... Escutar música alta no carro, sempre escutei... Sair com uma garota de 21??? SIM!!!!!!!! Quando tinha uns ...... Digamos.... 30, ok? Hoje, pegaria mal... Ao entrar num bom restaurante, o garçom perguntar:

Um lugar para o SENHOR e outro para a sua NETA???? Mataria, não?

Admirar mulher bonita?? Oras.... Para que serve uma linda obra de Deus??

Quer mais? Se vestir como os garotos de 16 de hoje....

Não .. Não se trata de assumir uma "velhície" não... Mas de assumir uma experiência sem par.. Isso, você; NÓS podemos passar... Sem ser ridículo nunca...

Babões...? Nos tornaremos... Mas tem chão, não é?. Enquanto isso, vamos conviver com todas as faixas etárias, enchendo-nos de jovialidade e vamos em frente...


---O que faz um homem de 50 ficar rídiculo é a necesidade de se auto-afirmar, o que leva o sujeito a agir como adolescente. Conheço um que ficou rídiculo: usa preto-azulado no cabelo grisalho, usa gel no topete. Namora uma garota mais nova que seus filhos e veste-se como um surfista. Tudo para que as pessoas pensem que ele ainda tem o vigor de um garotão de 18 anos. Patético um cara que ao invés de envelhecer com dignidade, aproveitando o saber adquirido com a maturidade, transforma-se num espectro de boy.

---Quem vive dignamente tem o direito de desfrutar de todos os prazeres que a vida oferece até o fim. O que faz um homem de 50 anos ficar ridículo é ele esquecer que está vivo e parar no tempo. Temos que morrer enquanto estamos vivos e não esperar a morte já zumbis. Se um homem compra uma moto tunada e saí a 100 por hora é porque trabalhou muito para ter dinheiro e fazer isso. Se alguma mulher de 21 se interessa por ele é porque ele tem algum atrativo (ser bem apessoado, ter estabilidade financeira). Admirar uma mulher bonita não torna ninguém ridículo nem aos 8 e muito menos aos 100, isso só quer dizer que o senso de bom gosto existe.

---Desistir de viver e ser feliz aos 50 anos, deixa alguém ridículo...
Os outros, ahhh os outros... pelo jeito eles não tem 50 anos de argumentos e alguns quando têm, não possuem a coragem de entender o que é viver.
Os outros é os outros, o importante é você!

---Eu acredito que a única coisa que deixa uma pessoa ridícula seja em qualquer idade é magoar as pessoas que o amam tendo a consciência disso. Não valorizar os outros e principalmente à si mesmo é ridículo!!!

---Ele quer voltar a ser jovem, então procura garotas jovens.

---Ah... você quer saber o que as pessoas consideram como ridículo, num homem de 50 anos?
Eu sou mulher, e tenho 48 anos... escuto música alta no carro (ás vezes até "danço")... adoro andar de moto... admiro homens bonitos... fiz minhas tatuagens aos 40... e ontem tinha um garotão de 21 me dando um "mole"... que até a tia dele (que é minha amiga e a quem eu estava visitando) ficou admirada....hahahahahahahahahahahahah.. e olha que nem é interesse financeiro porque ele tem o carro dele novinho, trabalha e ganha bem e tal...

---Mas acho estranho mesmo, um relacionamento com alguém tão mais novo porque a diferença de idade e cultura é absurda. Não tem conversa, não tem referências... não dá certo. Além disso uma moça tão mais nova ainda está começando a viver.... e um cara de 50 já viveu todas. Ele não vai conseguir acompanhá-la... e ela, mesmo que a princípio renuncie para ficar no ritmo dele...a longo prazo vai sentir falta disso e vai procurar aquele pedaço de vida que deixou de viver...

---Talvez seja por isso que as pessoas considerem "babão" e ridículo um homem que fica andando só mocinhas... tanto parece que ele não tem assunto (risos)... quanto é fatal que seja ... digamos... usufruído (até porque aos 50 tem mais estabilidade financeira que um sujeito de 30)... e a final, descartado.

--- Fingir para ele mesmo que tem 20 ou 30... E aos 50, se uma mulher de vinte e poucos anos olhar para ele... É quase sempre por interesse. Nunca conheci nenhuma que gostasse de um homem de 50 de verdade... De quarenta, tudo na boa. De 50......... Desculpe, mas não acredito.
Viva a idade que tem e orgulhe-se disso, mas é!

--- é não ter um bom plano de saude,um plano funerario,um seguro de vida no nome da familia e ter um terreno no cemiterio.eu tenho 54 e ja cai na real,e acho que todos nessa idade(homem e mulher) devem acordar por que ja era,não adianta querer mudar as coisas,pra evitar dar problemas pra familia se acontecer alguma surpresa.e depois tem mulher ridicula tambem,com mocinhos,não é so homem naummmmmmmmm.

--- estou cansada de ver cinquentões fazerem papel de ridículo por causa das mocinhas, eu até me divirto muito com isso, mas o que é pior mesmo é eles se ACHAREM muito mais do que são.
Toda idade tem seu glamour né?
Curta uma faixa de cada vez e com tudo o que cada idade tem pra oferecer de melhor

domingo, 16 de novembro de 2008

A eterna procura

Tantos anos teclando , observo nos blogs, msn e fotolog da vida
A esperança
Os desejos
A eterna procura de alguém especial, eterna entrega;

Alguns ....
Encontros, olhares furtivos , risos, o primeiro beijo, pipoca e filminho, a escolha da roupa perfeita, balada, beijos molhados, toques , arrepios, descobertas, sensações , paixão ardente que desejamos que nunca se finde, sonhos e esperanças à dois, confidencias, vivência, filhos, rotina, carinho e amizade.

Outros ....

Desamores, dores, desabafos, calafrios, choros ...

Todos confiando no destino , o que ele nos reserva, somos passivos, algo maior é que determina as ligações, em certo momento estamos ardendo de paixão, morrendo de amores, aquela pessoa é a perfeita, a única, não vivo sem ela, e de repente as certezas se vão, e toda aquela vivência é passado, estamos de novo prontos para novas experiências.
O que nos dá força , o que nos faz continuar ?
Somos capazes de amar tantas vezes, como se cada um desses amores fosse o único, somos perfeitos, temos a capacidade de esquecer, de reviver, e a grande maioria sobrevive ao caos do amor findo, sofrem, crescem e das cinzas do amor passado, nasce novamente um presente cheio de expectativas e o ciclo recomeça.

A fé na vida

Amanheceu, acordo como sempre sem pensar em nada, apenas sento na cama, olho em volta, poderia me sentir um pouco deprimido talvez, um pouco só, dor nas pernas, olhos ardendo por não ter dormido o suficiente, levanto vou até a janela, um dia cinza, com uma brisa fresca, lembrando o inverno, domingo, la longe no horizonte vejo um pássaro voar outro a cantar, parece que junto comigo o mundo acorda, ruídos, vozes, pessoas, um choro de criança, palavras que não consigo entender de um casal indo talvez trabalhar, na igreja, a percepção do que acontece a minha volta me fascina, me faz sentir vivo. Não tem como não me emocionar com toda manhã, na minha vida sempre tive essa sensação todas as manhãs de estar vivo , não pensar em nada de ruim, mesmo que nesse dia tenha coisas desagradáveis à acontecer, contas a pagar, saúde a cuidar, sabe é inevitável eu me sentir bem, porque sou feliz? Tenho fé na vida? quem sabe ...

sábado, 15 de novembro de 2008

Ridículo

Ridículo
-Olha ele lá
-O volume do som do carro dele
-E as músicas ui
-Será que não percebe que o tempo dele já passou !!!

Ridículo
-Fat boy slim
-ACDC Thunderstruck
-Isso não é musica para a idade dele
-Vai ver é para se exibir para as mulheres
-Será que não percebe que o tempo dele já passou !!!

Ridículo
-Já é pai, a filha já é casada e ele não toma jeito
-Gastou uma grana em rodas no carro
-Comprou uma moto, de novo, só para exibir
-Um velho
-Será que não percebe que o tempo dele já passou !!!

Ridículo
-E a Internet, não sai de lá, fica conversando com mulheres
-Não tem senso de nada
-Acredita que ele fica olhando mulher na web cam no msn
-Ele admira todas, como pode?
-Elas são interesseiras , isso simmm, ele é um pato
-Será que não percebe que o tempo dele já passou !!!

Ridículo
-Ficar olhando essas mulheres bonitas, ele não se enxerga
-Tem idade de ser pai delas
-Imagina ele andar de mão dada com elas, numa rua qualquer
-Homem é assim mesmo, sempre quer mulheres novas e lindas
-Será que não percebe que o tempo dele já passou !!!

Ridículo
-Vive de fantasias, pobre coitado ....
-Larga tudo por nada
-Será que não percebe que o tempo dele já passou !!!

Sim sim sim sim , somos ridículos

Quem determinou que após certa idade temos que ter um comportamento específico, será que é privilégio dos jovens ?

Sonhar ?
Fantasiar com algo que nunca vai acontecer ?
Escutar música alta ?
Sentir a batida da bateria do ACDC dentro do carro ?
Viajar com musicas de cazuza e outros ?
Ir numa reave ?
Andar de moto em alta velocidade ?
Exibir-se ?
Apreciar a visão de uma mulher ?
Ser enganado ?
Trair sem amar ?
Fantasiar ?
Ter muitas amigas ?
Sentir toda manhã que o dia vai ser lindo ?
Não ter receio de ser um homem forte e "sensível" ?
Ser muitas vezes infantil ?
Amar a mesma mulher a vida inteira ?

Justificar porque?
Alguém que me critica, faz melhor pela vida do que eu ?
Alguém duvida da minha inteligência?

De que adianta viver, se não podemos fazer o que queremos
De que adianta nada fazer ?
De que adianta não sonhar ?

Sempre lia sobre a questão de arriscar na vida
Talvez esteja começando a entender

Se notarem, todas as falas aqui descritas, não tocam em nenhum momento
na felicidade

Deveriam dizer, com mais força e ênfase :

"Como ele é ridículo, "ele se acha feliz"

Voce Venceu

Hoje entre tantos email, notei um título, "você venceu", será que ganhei um prémio, ou venci algum concurso de letras . Belo engano, era uma das pessoas mais importante da minha vida, me dizendo que venci, que realizei o que eu queria, com uma certeza absoluta , li o conteúdo, cada palavra devorada com todo cuidado, porque necessitava de tempo para respirar, eram palavras com arestas, enroscavam, não desciam com facilidade, eram como flechas certeiras, atingiam o alvo, afinal, era de alguém que me conhecia como ninguém, ainda aqui, escrevendo não consigo chegar a uma conclusão, se as atitudes de que sou acusado são realmente minhas, vejo de longe tudo ocorrer, e como a areia que se esvai entre os dedos, meu passado vai se espalhando aos quatro ventos, e os grãos de areia, como lembranças vivas de um passado , se vão e nada faço.

Teus Olhos

Data....

Quando somos levados pela emoção, perdemos a razão, e após anos, acho que estou perdendo a razão, a emoção me faz permitir o que antes era impossível. Me dou ao luxo de me encantar (como dizem alguns), de perceber, de viver, de sentir, de uma forma cibernética talvez, mas não me enganarei novamente, a emoção tem seu limites, não esqueço do meu sorriso contido, um adolescente sorrindo, acelerando, quantas situações, o caos, sim mm , do caos vem a vida, talvez seja esse o momento, de não ir por ai..... Refrões, para justificar, o que, que vi em teus olhos o que eu queria ver, nada mais...... Agora, passado algum tempo consigo me ver, como sou, decepção não diria, mas uma certa vaidade liquidada, uma passagem de anos em segundos talvez, vou resistir sabe, a tudo , me permito até isso , resistir ao meu tempo, enfim ser o que queria ser, apesar do tempo ter passado, não posso , não devo, desistir de mim, e seja o que o destino quiser.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Não se aproxime

São vinte e seis anos, uma vida, tempo de recordações, muitas vezes me perguntam, porque não escrevo sobre esse relacionamento, talvez porque era meu porto seguro, algo sagrado. Mas de tão sagrado, hoje definitivamente se tornou impossível alcança-lo, a distância é grande, como um rio caudaloso , envolto em magoas, dores, sofrimentos, não vividos por mim, mas por quem sempre esteve ao meu lado, eu com minhas certezas, não conseguia ou não queria enxergar o que se passava, sempre dono da razão , senhor de si, competindo comigo mesmo, nunca me alcançando, como poderia ter tempo para poder ver , não , não podia, não queria, hoje ao vislumbrar o carro saindo, senti um aperto no coração, algo que se foi, que eu não percebi e desejei, estranho desejar algo que não se quer. Mas foi o que aconteceu, desejei a distância, desejei não ser amado tanto, desejei não sofrer, quanta besteira , quanta idiotice, finit est, amanhã é um novo dia, vou me levantar e novamente recomeçar a minha infindável luta de viver , sorrisos, negócios, sorrisos, negócios, e a distância continua.

Aceitar

fernando diz: hj sai com alguém
fernando diz: bem interessante, estou feliz, por ter me visto nos olhos de quem estava comigo
fernando diz: nossa , não sabia mais a sensação boa que é estar com alguém
fernando diz: eihehiehiehi
fernando diz: beijao
fernando diz: do teu amigo

Olhos bondosos, meigos , nervosos, escuros, profundos e excitantes
Olhar com certa desconfiança
Os minutos passam
Você não percebe, mas te olho com olhos curiosos,
Permito-me a olhar, sem sentir constrangimentos ou algo assim
Me olho, olho-me
Te vejo, e olho-me
Em um flash de sorriso
Estou lá, em seus olhos
Sem medos
Liberdade de sentir
Aceitar
Você não percebe o momento que vivo
Segundos de brava coragem
Segundos de exaltação
Segundos em que me aceito sem perguntar
Nada acontece ...
Apenas você me olha

Cinderela cibernética

Vou chama-la de Cinderela, vive numa cidade pequena do interior, suas principais qualidades, definitivamente sonhadora, determinada, vontade de sair do seu pequeno mundo, quase nenhum relacionamento amoroso, sonhos apenas, de repente conecta-se, seu imaginário amplia-se, novas pessoas entram em sua vida, participam do seu dia a dia, e na net, vai se descobrindo mulher, nada para ela é impossível, não existe limites imaginários, entrega-se com intensidade nunca vista, navega no mar agitado da excitação, e vai se desabrochando, a descoberta de si mesma, faz com que na vida real, tome novas decisões , novos cursos, novos conhecimentos, já não pode coexistir no seu pequeno mundo, novos horizontes a fascinam, e os seus antigos relacionamentos já não a satisfazem, mudanças percebidas por quem está a sua volta, a Cinderela não é mais a mesma, o virtual não lhe basta mais, precisa de novas experiências reais, no seu contacto diário, ela sempre recebia a mensagem, existe o real, aqui é o virtual, e ela soube aproveitar cada segundo dessa experiência , quem diria , hoje a Cinderela não está mais naquela cidade pacata, não está se preparando para casar, ser mãe, ter filhos, dona de casa talvez, ou uma auxiliar de escritório, não, ela seguiu o caminho por ela aberto, seguiu para bem mm longe, está na Europa, vivendo novas experiências reais, ao lado de quem a ama realmente e não virtualmente, á tenho saudades, mas os caminhos se abrem e temos que assistir a vida florescer em quem é forte, que se desconecta e vive, saudades Cinderela .... Viva a vida como tu sempre quis

Sentidos

Assim sentado , assim do nada surge, palavras, pensamentos, sons, emoções, interessante quando me comparo ao meu outro eu, não me relaciono comigo mesmo, são vontades próprias, cada uma querendo seguir seu caminho. Pergunto-me que caminhos seguir, à nunca posso deixar de relembrar Antonio Maria, (poeta, escritor, jornalista):
por onde vou ?
sigo por aí?
não
momentos de puro prazer
Não, simplesmente, um não, consequências assumo totalmente, resignado assumo que a vida é minha, posso dela dispor, seguir por onde meus próprios passos me levam. Como posso não perceber a beleza, são nos detalhes que minha imaginação voa, palavras sem sentido, que ao final como num quebra cabeças, acabam formando uma ideia, elas se encaixam, e eu ? Sigo esse caminho, nunca sem volta, mas tentador, porque privar-me , tenho idade suficiente para não me arrepender mais, tenho vontades contidas, quero abraçar o mundo, quero viver mesmo não sabendo como. Não sei , mas sei que quero, o que ? Também não sei. É reviver, implosão de sentidos , de formas, de jeito, de falas, á mundo que não vivi, será que me sobra tempo? talvez sim ... talvez não.... que tal arriscar um pouco, oferecer à esta vida um pouco de emoção , emoção de sentidos ...........

Inicio de tudo

Ao passo que a vida já está mais finda do que iniciando, é interessante, viver momentos em que queremos viver diferente, fora do normal, se abrir, conhecer pessoas, e a Internet nos dá uma facilidade incrível para tal conhecimento.Podemos viver momentos de afectividade virtual, sentir a ansiedade de encontrar alguém , que de alguma forma por mais que conheçamos é irreal, é virtual.Cria-se laços formidáveis , começamos a viver o momento como se fosse real, relacionamentos em que tudo pode se dizer, que tudo é permitido, e o mais incrível, nos relacionamos com uma infinidade de situações e pessoas. Múltiplos relacionamentos permitidos, fantasias começam a povoar as conversas, horas e horas de infindáveis conversas, conselhos, demonstrações de carinho, de conhecimento, muda-se a forma de cortejar, a aparência não conta, o que conta é o conteúdo do que se escreve, e há uma certa verdade em tudo, mundo perfeito em que os pensamentos expressos são os que dão o tom, não a roupa que se veste, ou se é magro ou gordo, os iguais se encontram baseados em dados, expressos pelos mesmos, sem verificação de integridade , o que se escreve é verdadeiro ponto.As pessoas nesse mundo virtual se identificam, mudam formas de agir, de interagir com o mundo real, a ponto de não se saber distinguir diferenças entre esses mundos. Milhões de caracteres por segundo, varrendo a rede, nos expomos com muito mais facilidade, amamos, choramos, vivemos esses momentos (caracteres) , então quem diz que o mundo virtual não existe , nunca entrou nesse mundo, nunca viveu ele, são caracteres , são partículas de sentimentos, pensamentos, de pessoas reais que convivem em uma grande comunidade, querendo achar , procurando o que não conseguimos no mundo real.