quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Estar ou ser só


Outro dia alguém me perguntou qual era a sensação de estar sozinho
A conversa continuou, e não respondi, não pensei em uma resposta pronta, como tantas eu daria
Estar só é estado de espiríto, evito ficar sozinho, que é dolorido, que eu curto a solidão etc...

Agora sentado aqui, veio tal pergunta em minha mente , do nada fiquei a refletir :

A sensação de estar só ?

Sensações positivas :
Liberdade
Reflexão ---> Auto - conhecimento
Poder

Sensações negativas :
Frustração
Momentos de escutar somente sua própria voz
Dias curtos, noites longas, e fim de semana interminável

Poderia descrever inúmeras possibilidades positivas e negativas, mas resumo nessas, são as que mais afectam.
Nesta curta experiência de auto-isolamento, tenho um saldo positivo que descreveria "como se observasse a mim mesmo" e ao mesmo tempo "testando meus limites".
No aprofundar em meu ser, as dores produzidas não chegam a me afectar, resisto com facilidade à auto comiseração.
Sempre em todas minhas ações por mais controladoras que fossem, havia sempre a intenção do acerto ou de se cumprir o que havia proposto.
Afectava "pessoas" eu sei , faziam parte de um contexto no qual irremediavelmente estou inserido, não podemos fugir das "opções", em cada segundo estamos a optar, então, agora que estou só, não vou sofrer com arrependimentos, tenho que ter a sinceridade comigo mesmo, opções e caminhos foram decididos , não por outrem, e sim pela minha vontade, isto que me trás um alento interessante.

A sensação de estar só ?
É reconfortante se soubermos assumir as opções que tomamos na vida, desta forma, estaremos prontos para continuar, ainda vislumbrar horizontes, aproximarmos das pessoas com a tranquilidade de quem sabe exactamente onde está e que caminhos seguir.

Estar só é opção
Ser só não é opção.