segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Obscuro vazio


Falar sobre dores, cansaços, desavenças, frustrações, desamores

Não é tão dolorido , quanto a falar sobre o vazio


Vazio de emoções

Fantasias que habitam e se misturam a realidade

Vazio que nos deixa em agonia


Necessito da liberdade de um sorriso

O afeto de uma mão estendida

A compreensão de que nunca tive

A sinceridade de um abraço

E viver minhas fantasias