quarta-feira, 10 de junho de 2009

Código secreto de um egoísta



Porque tão teimoso:
A clareza de fatos e atos
A sutileza das manifestações
A seriedade de agir

Poderia ficar aqui a arrumar infinitos motivos
Pra que?
Para justificar a minha falta de vontade
Ou para provocar reacção a quem procuro chamar a atenção

Sei que não devo, não poderia , não, não ......
Tantos não para poucos sim
rs rs rs rs

Quando exijo posições na real não é bem assim
São exigências que nada levam, eu sei
Só existem para me atormentar e escutar o que não quero
São tantas diferenças e ao mesmo tempo tão poucas

Mas, enfim tanto palavreado que mais parece um texto em código secreto
Que eu mesmo não entendo
A simplicidade não existe

Há, só falta eu dizer, "Meu Bom Deus" como fazer mais simples
Mas não vou quebrar mais convicções, Deus está ocupado com quem precisa
Deixo- O a cuidar das almas que realmente precisam

Ontem quase peguei o carro e fui buscar meu "ego"
Resisti, corri para a cama e adormeci o sono não dos "justos" , mas o sono dos egoístas
Ao amanhecer reflecti , sempre o faço, fui de novo egoísta ?
Hmmmmm

Haja linhas para refletir rs rs rs
Em resumo quis de novo sentir a prioridade
Difícil descrever....
é ser importante para alguém, não testar
Se-lo na plenitude, não importa se como amigo, irmão, amante
As vezes nós egoístas precisamos de uma dose a mais, ficar inebriado do querer
Assumo me faz bem, afinal sou pródigo em dar doses generosas de afeto

Porque assumo o egoísmo ?
Desde criança fui ensinado , a dar e não receber
E quando necessito receber a sensação é de pedinte
Ou pior sinto-me sim um egoísta a pedir algo em troca, pelo que faço ou fiz

Pergunto :
Será que consigo quebrar esses elos , que me fazem sentir assim?
Ajo por vontade própria , então nada em troca . Correto ?
Infinito prazer em dar , em saber que sou importante à alguém , egoísmo ?
Esperar a atenção em um dado momento é exigir a volta?

Pedinte me tornei, de uma forma equivocada , sou ao contrário
Exijo dar , esta é a minha explicação, e que aceitem
Talvez ......

Por isso agi da forma que agi, e envergonhado que estou, devo ficar escondido
Depois de tantas idas e vindas
Não sei mais se devo, desqualificado fico
Em relação a mim , sei que o amanhã será diferente do hoje
E a vida continuará
Vidinha

Esperança que levantem a vós e digam, és tu
Entendo , sei quem tu és
Não me enganas, sois o que a vida te fez
Não tentes mudar, sofrerás
Sejas esse devaneio
Relaxe, aconchegue, e vamos rir de nossas fantasias
Me ajudai e delicie-se com isso

A miragem torna-se real
Egoísmos esquecidos e entendidos
Cresçamos
Que assim seja, se assim for.



A grata surpresa que não virá