quinta-feira, 18 de junho de 2009

Fuga existe



Pedi não me deixe fugir
Não exigi
Só pedi

Sou importante
Porque deixastes assim
Ao léu, sem rumo a seguir

Se assim sinto
Fujo para o recanto mais próximo
Só não queria mais fugir

A fuga o vazio fica
Tempo é necessário
Não me deixe fugir

Dizes que dono sou das fugas
Sim
Mas delas não tenho culpas, acho eu
Afinal não foi eu que decidi
Talvez provoquei ou não entendi
Não me deixes fugir

É simples , não me deixes fugir
Aconchegue
Não me deixes novamente fugir

Fuga existe
De quem não nos quer
Ou que não decide se quer
Fugirei para longe
A onde não mais possa fugir
E ali ficar
No aconchego de quem não mais queira que eu venha fugir