quinta-feira, 4 de junho de 2009

Instintos



Queria poder escrever de forma simples, assuntos que acho complexos
A convivência, o amor, sentimentos, ódio, bondade
Não consigo sintetizar, ser breve, conciso
Estendo as palavras e as letras
E só mais confusão crio

Será tão difícil cada pessoa ser observada pelo que age
Sem grandes definições
Hoje proponho a mim mesmo, que vou no futuro
Deixar os instintos ditarem as regras de aceitação

Somos o que agimos, neste palco nossos actos nos desmascaram
Aprendi quando criança ainda
"Que o inferno está cheio de homens de boas intenções"