domingo, 21 de junho de 2009

Nem melhor nem pior, um homem só


Meu maior constrangimento hoje seria
Ser o homem que esperam que seja

Faço o possível , as vezes o impossível
Ser o homem idealizado
E quando deparamos com nós mesmos
A identificação fica confusa
Como ser alguém idealizado ?
Como suprir expectativas ?

Somos prisioneiros de conceitos, estabelecidos de comportamento
Não importa a idade
Todas as fases estão pré estabelecidas
O mais interessante, que hoje percebo
Como eu cobrava comportamento de pessoas de mais idade e de menos idade
Nada mudou, faço parte desta corrente de expectativas

Revoltar-me não é o caso
Resignar não é meu estilo
Procuro brechas nos conceitos
Espaço a conquistar, com atributos que sei que os tenho
Não consigo ser a expectativa de qualquer pessoa
Antes tenho que atender as minhas expectativas, quanto ao ser que sou
Não é egoísmo, é se conhecer
Conceitos não me dão vida, fazem com que os corredores fiquem mais estreitos
Nunca os suportei, sufocam

Esperar que as expectativas dos demais me façam feliz?

É transpor a barreira que sempre comigo esteve , sou dono da minha vida, nada faço a prejudicar a ninguém, a não ser viver de acordo com meus conceitos, então, não é pedir muito que respeitem minhas deficiências e virtudes e quem sabe minhas covardias e fraquezas.

Sou Homem que vive os momentos, olhem-me com olhos sem pudores de comportamentos, sem hipocrisias, aí verás o homem que realmente sou.
Nem melhor nem pior, um homem só.