sábado, 13 de junho de 2009

Sejas feliz


Poucas palavras
Ousadia é o que me fez agir hoje, talvez pelo amanhã
Coragem de abrir mão do pouco

No velho e arcaico português assim não era justo
A ninguém
Confesso dói mais que imaginas

Abro mão de telefonemas a esperar, desejos a realizar, sonhos compartilhar
Abri mão, não troquei
Pelo menos uma vez agi dessa forma
Não troquei, assim agi, por não ter outra opção
Queria acreditar que assim algo mudasse , mas , sei que é improvável
E assim sendo, sigo dolorido, mas vivo

Palavras que não expressam só dor
Mas a resignação da vontade de outrem
Ou o respeito
Aprendi mais algumas coisas
Sempre aprendo
Sejas feliz, tens teu caminho