quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Mais um dia

 

Quando se chega a qualquer idade, pensamos sempre que tudo vai ser melhor, que talvez a vida possa ser simples, e que nossos erros possam ser perdoados, enfim, até nos permitimos lagrimas que revelam a fragilidade do Homem, e infelizmente as esquecemos, pois, a próxima batalha já se aproxima.

Louvo àqueles que vivem e não fazem a vida uma eterna batalha.