sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Aniversário


Em todo aniversário devíamos fazer uma nostálgica visita ao passado, e nos preparar se o destino assim quiser.

O passado ‘são pessoas’
‘Coisas’ não nos deixam recordações.

Resume-se a poucos que realmente conseguiram aproximar-se, uma delas minha filha, e por mais que tente enumerar não consigo superar a contagem em mais dois.

Aproximar e fazer diferença na vida de outrem, não é tarefa das mais fáceis, nem sempre também as mais felizes, enfim destino, vontades, egoísmo, vai saber...

Estamos de novo, e de novo...  No caminho da insana procura, de quem possa fazer diferença somando.

Para subtrair eu me basto.

.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Barba de molho


Minha barba cresceu e está de molho

Sintoma que estou a pensar.

Reflexão
Identificação

Não sei! 

Sinal, de metamorfose inconstante.

Procurar, por procurar simplesmente...

Pra que consistência em devaneios, já passei dos 50.


.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

The Game II


Próximo ao hospital esperaria.
Já não havia certezas.
Esqueci estrelas, lua cheia e o entardecer que acontecia.
O batimento cardíaco no limiar da resistência e talvez o pronto socorro serviria.
E de olhos fechados desejaria :
 
Que a porta abriria.
Explosão de excitação acontecia
E no minúsculo espaço tudo cabia.
Sorriam, pois limites não conheciam.
Brincavam em fantasias
E o mundo não existia
E assim os dias seguiriam...

E na neblina da lembrança sorriam ...






'Quando ela era apenas uma garota 
Ela tinha expectativas com o mundo
Mas isso voou além de seu alcance
Então ela fugiu em seu sono
E sonhou com o para-para-paraíso'  Paradise  Coldplay

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Game


Se meu último ‘game’ 
Houvesse prorrogação
Não discutiria as regras, as aceitaria e jogaria.
E não importaria o resultado
Eu ganharia sempre.
Só eu não percebi.     :)

domingo, 26 de agosto de 2012

Face's


Quando concordam e dizem 'faz sentido', eu fico todo sem saber que sentido é esse. 


Este é o caminho, siga e estará seguro!
E quem disse que preciso ou quero estar seguro
Já não necessito mais de garantias
Passei dos 50 
Chega a ser divertido e irônico, quando do primeiro meio século achava que existia algum caminho. 




 
 

 

sábado, 25 de agosto de 2012

Quase tudo


Há felicidade que me deixa triste
           Não há tristeza que deixe feliz
Há silencio ocupando espaço
           Não há ruído, só espaço.

As lembranças nos trazem sons, sorrisos e atitudes, hoje talvez os tenha de forma estranha, que não satisfaz.

Tenho dificuldade no expressar meus vazios, tal situação retira as palavras, nos falta concatenação, é só um seguir ao inevitável e previsível.

Nada de novo acrescento, observamos a superficialidade permeando o viver
Temos e já vivemos ‘tudo’ 
Os dias iguais deixam meio sorriso
Tão pouco para quem desejava
Quase tudo.

Mitigar





Entre sinônimo e antônimo, fico atônito.
Por onde andei...