sexta-feira, 1 de março de 2013

Eu sinto


Sinto-me corpo
Assistindo a vida me rodear
Sinto-me sorriso
Sem saber por que
Sinto-me fugaz
Segundos que me escapam e não voltam mais
Sinto-me mar
Profundo em meu pensar
Sinto-me sol
Irradiando a luz do meu sonhar
Sinto-me a me olhar
Deixo o acaso me levar
E na vida navegar. (F.Shook)