domingo, 28 de julho de 2013

Visão?

Não importa a visão do mundo que tenhas,
no fim o que mais te afeta
é a visão que o mundo tem de ti,
ou não?
(f.shook)

Ponto final.

Ponto final ou vírgula? Ponto final.
Por mais que não desejamos tal ponto final, uma vez que esteja lá, nos obriga a fechar o livro e recomeçar nova história, ficando a sensação durante um tempo pela parte 2.
Toda história com ponto ou sem ponto, deixa algo!
A própria história!
Somos histórias.
(F Garcia)
 

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Quem sou eu?


Como não escrever o que sinto, não expor minhas dúvidas, não gritar aos quatro ventos quando não estou satisfeito, fazer cara feia por algo que não me sinto bem e como não rir alto de pequenas bobagens, andar na chuva e lembrar-se de velhos tempos, se emocionar com cada por do sol, alegrar-se com as manhãs tão diferentes, como não ser EU.

Sou meio assim,assim!
Meu melhor não é suficiente, meu pior também não o é, sou mistura que borbulha no caldo das emoções, bolhas de humor explodem a cada momento, eu vivo intensamente esse tempo, não vou desperdiçar segundos em boca fechada ou sorriso sem vontade, sou o que aparento, sou feliz em ser tolo, bobo, esperto, insensível, delicado, rude aos olhos de outrem, mas sou todos eles, são meus eus, sou meu melhor.
(F.Shook)

Poderia ter feito mais?


Há quem diga que não podemos ser exagerado, me desculpem os contrários, quantos de nós podemos cantar essa música e não ter uma certa melancolia, por não ter feito mais?

Epitáfio
Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer...

Queria ter aceitado
As pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria
E a dor que traz no coração...

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído

Humor negro?


Navegar é preciso! Concordo
Não ter rumo até posso aguentar!
A curiosidade me guia! beleza.
A liberdade não tem horizonte! Perfeito
Opa, o carteiro chegou, hum, tantas contas!
(F.Shook)

Minha bagagem

Sinto que estou cada vez mais de passagem, isso me deixa mais leve, não é preciso tanta bagagem.
 
 (F.Shook)

Estou com Ele

Vinha para casa e a placa num carro dizia, "Se estou com Deus, quem estará contra mim". Independente da religiosidade que venha desta frase, penso num Deus supremo que ordena o caos em que vivemos.

Hoje de novo tive boas notícias em negócios, saúde que nunca me incomodou, familiares todos bem, do que posso reclamar, absolutamente em nada.
 
Sensação tranquilizadora, quer dizer ou o Diabo esqueceu de mim ou Deus me tem em boa consideração por meus atos até o presente momento. Prefiro a segunda opção, e agradeço a Ele todos os dias, estou com Ele. 
 
(F.Shook)
 

Valeu a pena?

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena. (Fernando Pessoa)

O absurdo de certas situações ficam perdidas na razão que damos aos nossos atos. Procurar a lógica, o esperado é no mínimo insensatez de nossa parte, somos levados ao acaso ou quem sabe estava escrito nas estrelas. 
 

Seguir única opção

Tem momento que somos obrigados a continuar, não importa quão importante sejam os motivos que te fazem 'parar', tens que acreditar que seguir é a única opção. (F.Shook)
 
 

A tal esperança

Dia longo, frio, sem grandes soluções, mas enfim, Deus me deu esse dia para saber viver com parcimônia, e assim o fiz, agora me cabe retornar ao que eu nunca soube fazer e quem sabe aprender. O segredo é ter a tal esperança que nos faz extremamente teimosos e persistentes.

Pedaços mal colados

A partir de hoje mesmo que em pedaços mal colados, retornarei à estrada antiga, as mesmas paisagens e o destino incerto. Vontades mal resolvidas continuarão a me seguir, e quem sabe o acaso venha surpreender. Meus passos já não são os mesmos, só a minha força na teimosia de tentar me faz caminhar.
 (F.shook)
 

Meu amigo velho caboclo Chico e suas histórias


Foto: Lembro do velho senhor a me dizer "Fernando porque não decidiu isso hoje", eu com mil desculpas afirmava não poder resolver , ele com um sorriso matreiro acendeu o cigarro de palha e com olhos bondosos disse : "Amigo será que estarás amanha aqui para decidir?"
(F.Shook)



Boa noite meu amigo Chico, sei que não me ouves, mas sei que me escutas, só recordo da sua humildade no viver, sempre pronto em ajudar a todos, às vezes com alguma comida, serviço prestado e as prosas intermináveis, nada parecia abater aquele espírito livre, que de sua varanda enxergava o mundo com olhos bondosos.
Quem era Chico?
Apenas um homem na acepção da palavra, falta a este mundo muitos como ele, homem que permaneceu puro de coração, um menino, esse era o Chico.






 
1)Tava quase dormindo, e Chico ao se despedir disse, “Meu filho dependendo do que as pessoas querem, você será bom ou ruim, se até anjo pode ser mal falado e o diabo elogiado, então meu menino, faça tudo com o coração e pode ir dormir sem pensar no dia que se foi, não tem nada para se recriminar, tudo que vem do coração é bom, não importa o que os outros digam”. 



2)Não posso deixar de lembrar do meu amigo Chico que resumia bem a minha situação “Meu filho, quando estamos tentando mudar algo com toda nossa vontade, do outro lado há algo que não quer mudar também com toda vontade, viu! Fica mais difícil, então engana ele, faz de conta que não ta com vontade e quando ôce menos perceber a vontade do outro aumenta no querer, é simples, num gostamos de cavalo dado, a gente desconfia, deve ser manco". 


3)Outro dia voltando da escola todo sujo e chorando, passo na frente da casa do Chico, e como não podia ser diferente, veio ele, “Meu filho que aconteceu?”, quase em murmúrio expliquei o ocorrido, haviam me atazanado e eu tinha reagido, e não fui feliz, o guri era grande demais.
Lá vinha a filosofia do velho Chico, “Meu filho, antes de entrar em qualquer briga, veja o tamanho do adversário, se for grande corre e se for menor ou do teu tamanho corre”, ai sou covarde Chico! ‘Não filho, covarde é o que briga, não tem coragem de correr”.



4)Vi Chico discutindo com o cavalo, ri alto, ele me olhou com certa severidade, e continuo o falatório que eu quase nada entendia.
Depois veio se sentar perto, e sem receio me perguntou “qual a diferença entre você e o cavalo”.
Ah “cavalo é cavalo, gente é gente", ele riu solto,” ah meu filho, é tudo igual, vem tudo da terra, e ele é mais inteligente não perde tempo nem em me responder.



5)Lembrado Chico, acredito que ficou em minha alma suas palavras, "Meu filho, se pensas que tudo pode acontecer hoje, não esta enganado desde que tenha fé, aí tudo pode acontecer, mas não quer dizer que tudo vai ser do teu jeito, mas acontece”
“Agora sem fé , sei não!”
“Aí num digo nada meu filho, é melhor sentar e esperar, esperar, esperar...",
Ao sair vejo o sorriso sem dentes de menino matreiro, de quem me diz que um dia vai entender.



6)Perguntei a Chico, se ele se sentia só naquela casinha no morro, onde só tinha companhia dos animais, pigarreou e de cócoras movimentou o quadril mudando o apoio dos pés, e falou “Nasci sem companhia, vim a ter algumas durante a vida, uns me abandonaram, outros morreram e alguns seguiram sua vida, eu meu filho não tem como me sentir sozinho, tenho lembranças, partes que ficaram, preenchem o vazio que poderia haver”, achei que a prosa havia terminado já estava me retirando quando no mesmo tom de voz, ele diz, “Meu filho, o orgulho me deixou só muito tempo, hoje vejo que esse tempo perdido não tem retorno”. Sinto na alma essas palavras, hoje entendo o meu velho amigo Chico.

7)Lembro-me do velho Chico , hoje deve estar em bom lugar, abandonou o palheiro, a velha camisa xadrez desgastada, o jeans com remendos e chinela de dedo e sempre de cócoras na velha varanda pronto para uma prosa.
Recordações que fazem bem! Com seu tom de voz rouco, quase sussurro e sem nenhuma pressa, repetia com frequência “que o tempo era o senhor da vida e da sabedoria”, eu ainda menino nunca entendi tais palavras.
Hoje menino crescido achando saber tudo, ainda não compreendo a profundidade de tal assertiva, pois, acho que minha vontade é suficiente para mudar o rumo, digo isso também com algum sorriso, vejo que Chico havia tido tempo para saber quem é o senhor da vida e tal sabedoria não advém do orgulho do conhecimento, mas sim da humildade. Tenho ainda muito a aprender. 


8)Lembro do velho senhor a me dizer "Fernando porque não decidiu isso hoje", eu com mil desculpas afirmava não poder resolver , ele com um sorriso matreiro acendeu o cigarro de palha e com olhos bondosos disse : "Amigo será que estarás amanha aqui para decidir?"




 

sábado, 20 de julho de 2013

Sem rumo

Esse é o problema do não agir quando estamos sem rumo, esperamos tomar rumo, ai voltamos para os mesmos caminhos anteriormente trilhados.      (F.Shook)
 
 

Amigo

Com humildade de quem tem muito a caminhar, agradeço a cada amigo que me estende a mão e com sorriso diz ‘vem por aqui’ e me ensinam a conviver, rir, brigar, ceder e às vezes falar mal, apesar de não levar muito jeito.

Partilhar destas vidas é um privilégio que nem em sonhos mais loucos poderia imaginar, agradeço a todos meus amigos por esta oportunidade de vida e esperança de que o amanhã sempre pode ser melhor.
 

Enfim partilho meus poucos sorrisos com pessoas especiais que me ensinam que ainda posso muito mais e desejo a todos que sejam felizes não só hoje, mas a cada dia de suas vidas. (F.Garcia)

Te amo?

Alguém declara, ‘“Te amo”.
E outro alguém diz “me ame mais“.
É possível?
Ou a insegurança nos faz exigir o impossível.
(F.Shook)
 

Enxergar o óbvio

Em poucos minutos percebi a grandeza da visão periférica e não só enxergar o óbvio. Deixo minha mesquinhez do olhar no passado.
(F Shook)
 

Não me supreendo

Difícil me surpreender. O não esperar é um dom que advém da experiência de perceber que o ser humano vive no limite das suas possibilidades, muito raramente ultrapassa a linha do provável.
A comodidade é tranquila. (F.Shook)

Frases perdidas

Há perguntas que perdem o sentido, mesmo que tu saiba as respostas. (F.Shook)
 
Aprendi aceitar tudo que me oferecem, se nada ou muito não é o importante, recebemos o que damos.
Se nada ofereci não posso esperar nada. (F Shook)
 
 Jamais o que escrevemos conseguira dar o sentido que nossos olhos dão às palavras faladas. (F Shook)
 
 
Somos reflexo de nossas carências.
Temos que optar em não ser caricatura imperfeita
Quebre o espelho e tire as mascaras.
Sempre é tempo de ser real. (f.Shook)
 

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Acalmando a noite


Acalmando a noite, reflito se emoções economizei, fico em dúvida, o que me faz ter a certeza da resposta. 

 (F.Shook)

terça-feira, 16 de julho de 2013

Tenso...

Sabe aquela situação que quando tu sabe a resposta, a pergunta muda?

Tenso...
 

Ser menino

Foto: Ser menino é dormir e pensar no que vai brincar no dia seguinte.
Ser homem é dormir e pensar que tem mais um dia pela frente.
Ser “eu” é dormir e pensar bah que surpresa tem amanhã.
Sou menino, sou homem e sou eu.  (F.Shook)
Ser menino é dormir e pensar no que vai brincar no dia seguinte.

Ser homem é dormir e pensar que tem mais um dia pela frente.

Ser “eu” é dormir e pensar bah que surpresa tem amanhã.

Sou menino, sou homem e sou eu. (F.Shook)
 

Segui instintos


Não ouvi quem mais importava, segui instintos, e ai estou de novo a conviver comigo mesmo e tal proximidade é por demais intensa.
(f Shook)
 

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Se crescer é :


Desapegar, dizer não quando tem vontade do sim, manter a compostura não importa a que preço, sorrir quando se quer chorar, enganar e mentir porque tem boa justificativa para isso, os meios justificam os fins, não se entregar ou expor suas dúvidas e conflitos porque "o que os outros podem pensar"...
 
Acho que não cresci, serei eterna criança que demonstra com choros, gritos, birras e teimosias os desejos com autenticidade.
Não me falem em certo e errado, me falem em sinceridade. 
(f.Shook)
Foto: Se crescer é :
Desapegar, dizer não quando tem vontade do sim, manter a compostura não importa a que preço, sorrir quando se quer chorar, enganar e mentir porque tem boa justificativa para isso, os meios justificam os fins, não se entregar ou expor suas dúvidas e conflitos porque "o que os outros podem pensar"...
Acho que não cresci, serei eterna criança que demonstra com choros, gritos, birras e teimosias os desejos com autenticidade.
Não me falem em certo e errado, me falem em sinceridade.   (f.Shook)

domingo, 14 de julho de 2013

Não sou Deus

Foto: Às vezes nos confundem com Deus, aquele 'Ser" perfeito que não erra.  Sou Homem e orgulho-me de assim ser, pois, não tenho a pretensão da infalibilidade, teria que abandonar a pouca humildade que ainda tenho.
'Deixa Deus ser Deus'.   Eu? Sou quase nada!
(F.Shook)Às vezes nos confundem com Deus, aquele 'Ser" perfeito que não erra.
Sou Homem e orgulho-me de assim ser, pois, não tenho a pretensão da infalibilidade, teria que abandonar a pouca humildade que ainda tenho.
'Deixa Deus ser Deus'. Eu? Sou quase nada!
(F.Shook)
 
 

Esse tal ‘coração’

Sou daqueles caras que sabem esquecer com facilidade o que aconteceu, tal fato advém da inexistência da vontade de ser dono de alguma razão.
Se existir o tal ‘coração’ nele não alojo desavença, ódio ou orgulho, e não me permito que certas situações sejam definitivas, aprendi que nada nesta vida tem tal situação.
Somos voláteis, éter que evapora no decorrer do tempo, e o que sobra?
O que estiver em nosso tal ‘coração’. (F.Shook)
 
 

Ppoint of no return

Foto: "point of no return”
Há momentos na vida que chegamos ao ponto sem retorno, como na aviação ou decolamos ou decolamos, não há outra opção.
Falta de opção nos dá a possibilidade de voar além das nossas possibilidades imaginárias e descobrimos o quanto somos fortes.
O acaso, sempre o acaso...    (f.Shook)
Há momentos na vida que chegamos ao ponto sem retorno, como na aviação ou decolamos ou decolamos, não há outra opção.
 
Falta de opção nos dá a possibilidade de voar além das nossas possibilidades imaginárias e descobrimos o quanto somos fortes.
 
O acaso, sempre o acaso... (f.Shook)

Há momentos

 
Foto: Há momentos de luta e de paz e momentos corajosos em que deixamos o acaso nos guiar. Estou pronto.  (F.Shook)
Há momentos de luta e de paz e momentos corajosos em que deixamos o acaso nos guiar. Estou pronto. (F.Shook)
 

Vivenciar

Bom dia, lembrando que temos apenas esta vida a viver.
Minha lúcida teimosia leva-me a caminhos que jamais me permitiria e esta experiência corajosa me faz feliz.
De que adianta ‘saber’, preciso vivenciar, agora é o tempo, sempre é. (F.Shook)
 

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Carranca é mascara

Noto olhares que dizem ‘nossa que homem sério’!

Mesmo assim continuo a SORRIR COM A ALMA.

‘Carranca é mascara’
 
Olhe-me nos olhos e verás a alma. (F.Shook)
 
 
 

terça-feira, 9 de julho de 2013

Sinuca

Sinuca é mais ou menos assim, você fica entre o obstáculo e seu objetivo, ai depende de uma jogada audaciosa com grande margem de erro ou virar a mesa e acaba o jogo.
(Obs: obstáculos não se movem)
 
 

Onde estão as meias?

Vida de solteiro fica bem definida quando não sabemos onde foi parar o pé de meia e não temos a quem perguntar onde estão. (F.Shook)
 

Pra dormir...

Pra dormir...
Não devemos pensar grande
Não devemos pensar pequeno
Qual deve ser o tamanho do pensamento? 

A vida é mistério!

Conhece a vida como ela é?

Vivo há um bom tempo e já não fico admirado ou com raiva, pois, a cada plano que traço, a vida da um jeito de demonstrar que não é bem assim.

A vida é mistério! Que possibilita sonhar que todo dia pode ser o nosso melhor dia. (F.Shook)

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Pulo?


 
Poderia eu viver a vida de outra pessoa, sei que não, podemos no máximo em poucas palavras falar sobre nossas próprias experiências, mais nada.
Estamos sempre dispostos às novas emoções que aguçam nossa curiosidade, tão natural ao ser humano e até ai não há novidade, fica pergunta ‘Vale o risco?”
 
Quando digo que riscos só valem a pena quando estamos atentos à situação, não nos jogamos de um precipício contando que a neve fofa nos apare, e se não houver a neve?
 
Foto: Boa noite,
Poderia eu viver a vida de outra pessoa, sei que não, podemos no máximo em poucas palavras falar sobre nossas próprias experiências, mais nada.
Estamos sempre dispostos às novas emoções que aguçam nossa curiosidade, tão natural ao ser humano e até ai não há novidade, fica pergunta ‘Vale o risco?”
Quando digo que riscos só valem a pena quando estamos atentos à situação, não nos jogamos de um precipício contando que a neve fofa nos apare, e se não houver a neve?
Ser dono da situação é contar com a neve fofa e ter a corda em sua cintura, terás a emoção da queda e a segurança de ser dono da situação.
Deixemos a tolice para os que não querem a corda e a nós reservamos a emoção da queda segura,  por inúmeras vezes...  (F.Shook)Ser dono da situação é contar com a neve fofa e ter a corda em sua cintura, terás a emoção da queda e a segurança de ser dono da situação.
 
Deixemos a tolice para os que não querem a corda e a nós reservamos a emoção da queda segura, por inúmeras vezes... (F.Shook)

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Nota de esperança:



Nota de esperança:
Desejo que meus sonhos tomem o rumo da minha realidade.
Desejo que minha realidade não seja sonho interrompido.
Desejo acordar da realidade e viver o sonho.
Desejo desejar sempre.   (F.Shook)
Desejo que meus sonhos tomem o rumo da minha realidade.

Desejo que minha realidade não seja sonho interrompido.


Desejo acordar da realidade e viver o sonho.


Desejo desejar sempre. 


(F.Shook)

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Algo que tenho dificuldade? Desistir






Por mais que me esforce tenho dificuldades em desistir, crio milhões de argumentos que me levam à beira do precipício da desistência e ali fico a refletir e sem perceber fujo em passos furtivos à mais nova tentativa.
Insistência, burrice ou ridículo! 

Sei não.
Acredito nas minhas vontades, se preciso for vou ao limite do bom senso, pois, seria tão fácil colecionar desistências.
O fácil não me fascina.
Não desisto! 

Comodidade do possível é triste



Dizem que reclamo da vida. Reclamo sim! de querer a vida ainda melhor, acho que todos deveriam reclamar, aliás, deveriam gritar, aliás, esbravejar, “QUERO SER AINDA MAIS FELIZ”.
O silêncio da comodidade do possível é triste.
 
 
 

Porque mudar, por quem?




Sabe aqueles momentos que pensamos será que estou certo :

Eu gosto de ser aquela pessoa que sou, quando estou com você.
E não me peça para não ser assim, não seria eu.
E se sou assim com você é porque me sinto bem
Porque mudar, por quem?
Deixa vai!
Sou feliz assim, sendo assim.
 
 

terça-feira, 2 de julho de 2013

Quero distância de gente assim



“Quero distância de gente assim”, fico me perguntando como se classifica esse tipo de pessoa, é em função de nossas expectativas frustradas ai ‘somos assim’, vejo com certa desconfiança em não ser assim, afinal somos o que queremos ser, e se for para ser assim, que sejamos.
Tirando o trocadilho do ser assim ou assim ser, evite classificar, pois este ato é de Deus, o de julgar. (F.Shook)
 
 
 
 

Olhos

Seremos piores ou melhores dependendo da situação, motivação e dos olhos que te veem, é confuso saber o que pensam de ti, há não ser em momentos que nada mais há que se fazer, ai uma verdade deturpada pela raiva aparece sem ser esclarecedora.
 

Não tente entender o que és pela retina alheia, e sim aos seus próprios olhos. (F.Shook)