segunda-feira, 14 de julho de 2014

Status quo




Quando não tenho palavras, e olha que sou bom nelas
Quando não sei mais se o amanhã vai ser bom
Quando acordo apenas para mais um dia
Quando a responsabilidade do que fui e sou, me deixa sem caminho
Quando prometer não é a solução
Quando tudo que tu acredita é apenas NADA
Quando não mais podes optar
Quando não há lugar onde possas fugir
Quando por mais que queiras não é o suficiente para outro se tornar
Quando não é capaz de ser melhor o suficiente para outrem
Quando só tem o hoje
Poderia eu me ajoelhar e dizer “Deus não dá conta”...
Mas, dentro da minha ignorância da fé, independente do que eu fale, tenho
que saber lidar com os 'quando', afinal fui eu quem os criou e não seria justo
ou louvável que deles fugisse.
Só não posso me convencer que sou o último homem na terra, sou confuso,
sou tanta coisa e nada e acredito na obrigação e não opção de caminhar de encontro com
o que criei.
Afinal a única coisa que posso fazer nesta vida é assumir atos, meu mundo não foi o suficiente, agora cabe reaprender e seguir a lógica do comum.

Às vezes é necessário concordar que o ‘status quo’ 

Viver sempre foi e será uma eterna adaptação!


F.Shook