quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Estou indo dormir





Estou indo dormir

Ficar acordado de nada adianta
Tentar explicar em frases bem feitas, não seriam bem aceitas
Ligar?  palavras mal – ditas

Meu pensar é confuso e não me larga o velho cansaço

Dores nos pés retornam a saudade de tempos findos
Se me perguntar? qual a resposta bem aceita

Se ficar em silencio, aceitar perguntas mal respondidas.


O que me dói é a dor do não saber


O que me faz dormir

É esperar o amanhã

Palavras...

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Não é ato, é fato, é verdade





Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas.

João 3:20

A fé é o caminho da revelação do sobrenatural
A fé nos leva ao perdão.
A fé conforta
A fé dissipa a dúvida
A fé nos leva a Luz
...
Queria ser sem dúvidas
Queria poder caminhar por esta vida na certeza  da eternidade
Queria a fé sincera
Queria o caminho da Luz

Acredito que não é o querer e sim aceitar...
Aceitar ainda é além do meu querer
Aceitar não é ato!
É fato!
É verdade ...

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

É TUA



Quando até a duvida não é certeza

Lembrar o passado e querer sentir saudade de ter saudade

Podes tudo fazer, tudo querer, só lembre que tens ÚNICA vida,
seja ela o que for, mas que seja TUA.

A morte é algo não delegável, única e solitária

É TUA

E também a vida assim deveria ser....

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Apesar de ser eu...




Há tantos anos faço o que faço
Dia após dia...

A tal ponto que desaprendi a não ser assim
Critico-me em certos momentos, ”enfadonho”...
Tanta capacidade e conhecimento para tão pouco
Por outro lado, o que eu poderia ser?
Alguém afável, que se diverte com pés na areia e cabeça nas nuvens.
Seria eu?

De novo a atender expectativas alheias!
Não sendo eu.
Sou marrento e absurdamente volátil.
Minhas certezas me levam a caminhos nunca desejados
Enfim, ser eu é ainda o meu melhor.
E o meu melhor é incrivelmente desnecessário, por mais que eu queira valorizar.
Não esquecendo da minha renitente teimosia

De ser eu,
Apesar de ser eu...