sábado, 12 de agosto de 2017

Viagem sem volta.


Hoje sou caixa fechada!
Pesada.

O que fui, o que fiz!
Arquivado.

Minha lógica !
blocked out.

Minha razão!
Irracional.

Sabe aquela viagem em que deixas partes, arestas abatidas, não percebes o acontecido, segue com suas partidas.
A cada recomeço parece que és o mesmo e não percebes nuances e no desejo pelo desejo do impossível, segues.
Torna-se o recomeço do recomeço, sempre!
Em certo dia ao acordar, sem vontade de recomeçar, descobre que nada sobrou, há não ser o caminho percorrido no desespero de seguir.
Sentado estás a pensar sem nada a se apegar.
Viagem sem volta.

F.Shook